José Marangon assume Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento do INEL

Professor coordenará as atividades da nova secretaria do instituto para contribuir na pesquisa e inovação em energias renováveis no setor elétrico

O Instituto Nacional de Energia Limpa oficializou na última terça-feira, 26 de outubro, a criação da Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento que será comandada pelo ex-professor de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Itajubá, em Minas Gerais, José Wanderley Marangon Lima. O objetivo do novo grupo de trabalho do INEL é coordenar atividades para contribuir na pesquisa e na inovação de energias renováveis no setor elétrico e no setor de transportes.

De acordo com o instituto, o trabalho desenvolvido pela nova secretaria apresentará foco em tecnologias de Geração Distribuída, de armazenamento, de veículos elétricos e suas interações com a rede elétrica nos aspectos técnicos e econômicos. Para José Marangon, a criação da Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento é uma sinalização da preocupação do instituto com a produção de conhecimento técnico sobre o setor energético e sua divulgação na esfera pública e privada e uma das metas é buscar traçar as diretrizes para um sistema energético mais eficiente, sustentável e resiliente às mudanças climáticas.

Na última semana, o INEL firmou um acordo de cooperação com a IRENA – Agência Internacional de Energia Limpa para acelerar o desenvolvimento de soluções de implantação de energia limpa renovável e com emissão zero. A decisão foi tomada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, entre o presidente do INEL, Heber Galarce, e o diretor da IRENA, Gürbüz Gönül. Participaram também do encontro, o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, e o secretário adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Marcello Cabral.