Receita de Angra em 2022 terá combustível pago esse ano

Valores pagos pela Eletronuclear não entraram no cálculo da Aneel por atraso na documentação da INB

O cálculo da receita fixa das usinas nucleares Angra 1 e 2 para o ano que vem vai incluir pagamentos de combustível pela Eletronuclear que não puderam ser considerados na receita dos empreendimentos em 2021. A exclusão dessa despesa aconteceu devido ao atraso no envio de documentação pela estatal Indústrias Nucleares do Brasil, fornecedora do insumo.

Os valores não reconhecidos entrarão como Parcela de Ajuste no cálculo para o período de janeiro a dezembro de 2022. A receita fixa desse ano ficou em R$ 3,4 bilhões.