Neoenergia Brasília instala usinas de GD em campus da UnB

Com parte do investimento oriundo do PEE/Aneel, plantas vão economizar R$ 180 mil da conta de energia da universidade

A Neoenergia Brasília (DF) e a Universidade de Brasília inauguraram, na última quinta-feira, 18 de novembro, duas usinas de geração de energia solar no Campus da UnB no Gama. Os equipamentos foram instalados por meio do Programa de Eficiência Energética da Aneel, e têm como finalidade promover a utilização de energia limpa e renovável, além de contribuir com a descarbonização e diminuir o valor das faturas de energia da unidade. A construção das duas usinas solares recebeu um investimento superior a R$ 1,3 milhão, sendo R$ 780 mil da Neoenergia Brasília e R$ 505 mil da UnB.

Usina no campus da UnB no Gama: investimertos de R$ 1,3 milhão

Juntos, os empreendimentos possuem uma capacidade instalada de 246 kWp. Além das duas usinas solares, a Neoenergia Brasília ainda promoveu a substituição de 3.476 lâmpadas do campus por equipamentos com a tecnologia LED, que possuem uma maior luminosidade, duração e qualidade em relação às que existiam no local.

Segundo Ana Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, a inauguração da usina contribui não apenas com a questão da rentabilidade dos custos da Universidade, mas inaugura, também, o uso de uma fonte renovável de energia limpa na instituição. Com as duas usinas solares e a troca das lâmpadas, a expectativa é que a sejam economizados cerca de 454 MWh/ano, o que representa cerca de R$ 180 mil menos gastos com energia por ano.

Além da usina no Campus do Gama, a Neoenergia Brasília também já finalizou a eficientização do Campus Darcy Ribeiro em 2020 com instalação de Usina Solar de 150 kWp, 4.545 lâmpadas e 211 aparelhos de ar condicionado e investimentos de R$ 2 milhões. Está também em processo final de eficientização o Campus de Ceilândia, com investimentos e benefícios similares ao do Gama, com previsão de ser inaugurado ainda em dezembro de 2021.