UEG Araucária e Petrobras prorrogam vigência do contrato de suprimento de gás

Aditivo prevê o fornecimento de 2,1 milhões de metros cúbicos de combustível por dia até 31 de dezembro de 2022

A UEG Araucária, subsidiária da Copel, e a Petrobras assinaram termo aditivo ao contrato de compra e venda de gás natural para geração termelétrica na modalidade interruptível, o qual prorroga o prazo de vigência que era de 31 de dezembro de 2021 para 31 de dezembro de 2022.

O contrato prevê o fornecimento de 2,1 milhões de metros cúbicos de combustível por dia, sem obrigatoriedade de retirada. Com isso, a UEG Araucária permanecerá disponível ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e poderá ser despachada a critério do Operador Nacional do Sistema (ONS).

A UEG Araucária é uma usina a gás natural e tem como sócios a Petrobras, com 18,8% de participação; a Copel detém 20,30%; e a Copel Geração e Transmissão detém os demais 60,90%.