Pacto Global da ONU lança movimento por transparência total nas empresas

Empresas como SPIC Brasil, Eletrobras, Petrobras já assinaram carta compromisso

A Rede Brasil do Pacto Global da ONU anunciou o lançamento do Movimento Transparência 100%. A iniciativa busca engajar as empresas no combate à corrupção com vistas a alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Atualmente, SPIC Brasil, CBA, Eletrobras, Grupo Fleury, MRV, Anglo American e Petrobras já assinaram a carta-compromisso e estão integradas ao Movimento, que foi lançado no dia 3 de dezembro, na 2ª edição do evento online “Ação contra corrupção: aumentando a ambição coletiva”.

O Transparência 100% integra uma série de iniciativas do Pacto Global que convidam o setor privado brasileiro a assumirem compromissos públicos com metas ambiciosas na busca pelos ODS. O movimento tem como objetivo encorajar e capacitar as empresas para ir além das obrigações legais, fortalecendo mecanismos de transparência e integridade em empresas de destaque para torná-las mais resilientes e exemplos de sucesso para as demais empresas do país. Além de assumirem os compromissos e metas propostas pelo Movimento, as empresas participantes poderão percorrer e uma jornada de capacitação e produção de conhecimento, fundamentais para a disseminação das boas práticas sobre o tema.

O Pacto Global da ONU está encorajando as empresas do Brasil a se comprometerem com a meta de serem 100% transparentes até 2030. As cinco metas do Movimento são: 100% de transparência nas interações com a Administração Pública; Remuneração 100% íntegra da alta administração; 100% da cadeia de valor de alto risco treinada em integridade; 100% da transparência da estrutura de compliance e governança; e 100% da transparência sobre o desempenho dos canais de denúncia.

O Movimento Transparência 100% será monitorado pelo Observatório 2030, iniciativa do Pacto Global da ONU lançada neste ano, que acompanha justamente as metas e compromissos públicos assumidos pelas empresas nos mais diversos temas. Além do Transparência 100%, o Observatório 2030 também atua nos pactos de saúde mental, equidade de gênero e étnico-racial e clima.