Enel Rio e São Paulo preparadas para o verão 2022

Distribuidoras reforçam manutenção e elaboraram Plano Verão de atendimento

A Enel Rio elaborou seu Plano Verão 2021/22, esquema especial de atendimento que tem por objetivo suprir o aumento de demanda causado pela época mais quente do ano e pelas tempestades sazonais da estação. A companhia reforçará a sua equipe de operação e manutenção da rede elétrica durante o período. A preparação para o verão começa com uma série de ações de manutenção preventiva, que acontecem nos meses anteriores à época de chuvas.

De janeiro a outubro a empresa realizou inspeções constantes para avaliar as condições do seu sistema de distribuição. Neste ano, foram inspecionados 18.890 km de rede utilizando a tecnologia de helicópteros e drones. Também foi realizada a inspeção de 15.840 km com a ajuda da tecnologia de carros equipados com termovisão. Essa iniciativa permitiu a identificação e correção de cerca de 60 mil possíveis falhas na rede da companhia. Além disso, as equipes executaram mais de 50 mil podas preventivas, para evitar interrupções de energia por queda de árvore ou contato de galhos na rede elétrica.

Nos primeiros nove meses de 2021, a Enel investiu cerca de R$ 730 milhões em ações de melhoria da rede, manutenção e atendimento aos pedidos de novas conexões. O valor contempla obras de ampliação e modernização de subestações, além da construção de linhas de transmissão, a instalação de 500 novos para-raios em 4 linhas de transmissão e aumento da capacidade total da companhia em 99,6 MVA. Esses investimentos contribuem para a melhoria da qualidade do fornecimento para os clientes e trazem uma maior confiabilidade do sistema.

A distribuidora também investe na modernização e digitalização da rede elétrica de sua área de concessão. Somente neste ano, foram instalados cerca de 500 equipamentos telecomandados, totalizando cerca de 6.711 equipamentos instalados em toda a área de concessão, entre chaves e religadores de rede. Essa tecnologia permite que a distribuidora identifique e isole remotamente e com maior rapidez as falhas ocorridas na rede, reduzindo a necessidade de deslocamento de equipes e o tempo de normalização. Em casos de interrupção no fornecimento, é possível também reduzir o número de clientes afetados graças a uma maior seletividade da rede elétrica.

Em São Paulo, a Enel também deu início ao Plano Verão 2021/22. Para esse ano, a distribuidora intensificou a quantidade de equipes em campo e o número de atendentes do Call Center, além do investimento em manutenções e podas preventivas. Em dias com mais volume de ocorrências, a distribuidora pode aumentar em até 4 vezes a mobilização das equipes em campo, remanejando recursos de outros processos da operação para atendimento emergencial.

A distribuidora conta também com técnicos no Centro de Operação Integrado do Governo de São Paulo, que tem como função monitorar grandes eventos, compartilhando informações em tempo real entre os órgãos governamentais e as prestadoras de serviços públicos para a tomada de decisão em situações emergenciais, como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, entre outros. Dependendo do volume de ocorrências, a Enel também pode utilizar os corredores de ônibus para que as equipes cheguem mais rápido aos locais.

Outra frente é o foco em automação. Até o final deste ano, a concessionária terá instalado mais de 9,5 mil equipamentos telecomandados em toda a área de concessão, como os religadores e as chaves automáticas, que permitem ao Centro de Operações da distribuidora restabelecer o fornecimento de energia remotamente.