Energisa inicia oferta pública para compra de ações no Acre

Movimento obrigatório refere-se a 1,42% do capital social da distribuidora acreana detidos por empregados e aposentados

A Energisa comunicou o início da oferta pública obrigatória para compra do capital social de titularidade de empregados e aposentados de sua distribuidora no Acre. O objeto da oferta é a aquisição de até 2.484.078.275 ações ordinárias e 953.652.585 ações preferenciais, representativas de 1,42% da Energisa Acre, cujo valor será pago pela holding em até 30 dias após a data limite.

O movimento é uma obrigação assumida pela companhia nos termos do item 1.10 do Edital de Leilão n.º 2/2018-PPI/PND, que disciplinou a desestatização da antiga Eletroacre, do item 2.12 do Manual de Oferta de Ações aos Empregados e Aposentados e nos demais documentos da desestatização.

A vigência será pelo período de 30 dias contados da data de divulgação do Edital, ou seja, 07 de dezembro de 2021 e se encerrará em 06 de janeiro de 2022, data limite para celebração do instrumento de transferência de ações e quitação e prática dos demais atos para transferência das ações indicados no referido edital.

Segundo o comunicado, o período não será estendido nem haverá período subsequente da oferta. O edital do processo, com a íntegra dos seus termos, condições, procedimentos operacionais e prazos aplicáveis, encontra-se disponível para consulta na página eletrônica da empresa, neste link.