White Martins e Governo do RS assinam acordo para produção de hidrogênio verde

Iniciativa prevê estudos para aproveitar expertise da companhia e potencial de energias renováveis no estado

A White Martins, empresa fornecedora de gases industriais e medicinais, assinou na última terça-feira, 14 de dezembro, durante cerimônia que ocorreu no Palácio Piratini, sede do governo estadual, em Porto Alegre, um Memorando de Entendimento (MoU) com o Governo do Rio Grande do Sul com o intuito de viabilizar a produção de hidrogênio verde. O hidrogênio verde, produzido por meio de um processo conhecido como eletrólise da água, que separa os átomos de hidrogênio dos de oxigênio por meio de fontes de energia renováveis, tem se constituído como a próxima fronteira energética e considerado como uma alternativa para a descarbonização da economia, já que pode ser utilizado em diversos setores, como indústrias e transportes.

O MoU trata-se da primeira etapa de um projeto que pretende unir a expertise da companhia no tema e o potencial energético do estado na Região Sul do país. O projeto prevê um estudo, por parte da autoridade estadual, para levantar dados sobre a viabilidade do uso do hidrogênio verde na região. Os resultados serão utilizados pela White Martins para determinar a possibilidade da implantação de uma planta produtora de hidrogênio verde e de amônia verde no estado.

De acordo com a White Martins, este é o terceiro MoU assinado este ano pela empresa. Em abril, a companhia estabeleceu um memorando com o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, no Ceará, para oficializar seu interesse em participar do projeto HUB de Hidrogênio Verde na região. Já no final de outubro foi assinado, na Alemanha, um MoU com o Governo do Ceará, que irá apoiar no estudo de viabilidade para implantação de uma planta de hidrogênio no estado.