Leilão de LTs tem início na bolsa de São Paulo

Previsão é de R$ 2,9 bilhões em investimentos

Começou o leilão de transmissão de 2021 na sede da B3, em São Paulo (SP). Com cinco lotes em disputa, os investimentos previstos são da ordem de R$ 2,9 bilhões e geração de 6.607 empregos diretos. Serão construídos 902 quilômetros de Linhas de Transmissão e subestações com capacidade de transformação de 750 MVA. A expectativa de investimentos é de R$ 2,9 bilhões, com a geração de 6.607 empregos.

Os lotes ficam nos estados do Paraná, São Paulo, Bahia, Minas Gerais e Amapá. O lote 1, nos estados de São Paulo e Paraná, consiste em obras estruturantes para o atendimento para a região metropolitana de Curitiba.

O lote 2, na Bahia expande o sistema de transmissão no estado, enquanto o lote 3, que fica no mesmo estado, melhora o atendimento a região Oeste. O lote 4, em Minas Gerais, dá maior confiabilidade e flexibilidade operativa em cenários críticos de alta importação  de energia pelo Sudeste, além de garantir o controle do sistema de tensão em São Paulo.

O lote 5  fica no Amapá, e é uma solução estrutural para a região da capital Macapá, No ano passado, a maior parte do estado ficou sem energia por mais de 20 dias por conta de ocorrência grave na Subestação que fazia a conexão do Sistema Interligado Nacional.

O leilão pode ser acompanhado em tempo real aqui: