Ramacrisna inaugura usina fotovoltaica em Minas Gerais

Energia gerada pelos painéis fotovoltaicos será conectada à Cemig pelo sistema chamado Net Metering

O Instituto Ramacrisna inaugurou uma usina de energia fotovoltaica, que terá capacidade para geração de até 1.905 kWh, na Associação Educativa e Cultural de Igarapé (ASSECIG). A usina foi viabilizada pelo projeto Ampliando Fronteiras II, realizado pelo Instituto Ramacrisna com recursos da BrazilFoundation. O projeto também tem o apoio da Prefeitura de Igarapé e do Rotary Club Belo Horizonte Liberdade.

A usina fotovoltaica permitirá reduzir o custo da Assecig com o consumo de energia em até R$ 2 mil, possibilitando ainda a expansão das ações sociais por meio da realocação de recursos que antes eram usados para arcar com essas despesas. A energia gerada pelos painéis fotovoltaicos será conectada à Cemig, concessionária local, pelo sistema chamado Net Metering e o tempo estimado de duração da usina fotovoltaica é vinte e cinco anos.

O Instituto ressaltou que a instalação da usina proporcionou aulas práticas nos cursos de qualificação profissional em Eletricista e Instalação e Manutenção de Placas Fotovoltaicas, oferecidos pelo Ramacrisna em Igarapé. O projeto Ampliando Fronteiras II também oferece cursos de Mecânica de Automóveis, Assistente de RH, Logística, Excel e Padeiro. Os cursos são totalmente gratuitos e os alunos recebem uniforme, material didático virtual e certificado. Ao todo, mais de 300 jovens foram beneficiados com o projeto.