Unipar vai investir R$ 2 bi em parques eólicos e solares

Após destaque em ranking global da BloombergNEF sobre maiores compradores de energia renovável, petroquímica busca maior autossuficiência a partir de projetos no Nordeste e Minas Gerais

A Unipar aparece como a única empresa de controle brasileiro no ranking mundial de energia limpa elaborado pela BloombergNEF. A fabricante de insumos como cloro, soda e PVC figura na nona posição da lista, que elege os maiores compradores de energia renovável em 2021.

Segundo o levantamento, a companhia que iniciou a contratação no mercado livre há 25 anos adquiriu 239 MW de energia solar e outros 91 MW de eólica no período. No topo da lista está a multinacional Amazon, seguida por Microsoft e pela Meta.

Para os próximos anos a empresa declarou que busca ser a própria produtora da eletricidade consumida em suas unidades produtivas localizadas em São Paulo e em Bahía Blanca, na Argentina. Para isso está investindo cerca de R$ 2 bilhões na construção de parques eólicos e solares no Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Bahia.

A meta é atingir 80% de sua necessidade energética vinda de fontes limpas e renováveis até 2025. Assim a empresa espera assegurar o acesso à energia no longo prazo com mais competitividade no custo, uma vez que o insumo corresponde a mais de 50% dos custos de produção de cloro e soda.