Cemig vai investir R$ 1,8 bi na modernização da rede elétrica rural

Até 2027, serão 30 mil km de novas linhas rurais, aumentando a capacidade de carga em benefício da população

O Programa Minas Trifásico, que pretende modificar km de rede nas áreas rurais do estado de Minas Gerais nos próximos cinco anos, foi lançado na semana passada pela Cemig e o Governo de Minas Gerais, em Virgem da Lapa, no Vale do Jequitinhonha. A iniciativa vai receber recursos da ordem de R$ 1,8 bilhão e beneficiar os produtores rurais em todas as regiões de Minas Gerais, além de melhorar a qualidade do fornecimento de energia a moradores e pequenos comércios na área rural.

De acordo com a Cemig, o Minas Trifásico vai ampliar e tornar mais robusta a rede de média tensão no interior do estado, possibilitando a transformação da agricultura de subsistência do pequeno e médio produtor rural em agronegócio. Até 2027, estão previstas, somando-se a conversão e a construção de novas linhas, a entrega de 30 mil km de redes trifásicas em todo o estado.

A companhia destacou que o principal objetivo do programa é aumentar a capacidade de instalação de novos equipamentos para os clientes rurais, com atendimento por meio de um sistema elétrico capaz de suportar as demandas reprimidas e criar oportunidade de crescimento para as famílias do campo. E ressaltou que o Minas Trifásico vai focar nas áreas com maior número de clientes conectados e que hoje dispõe de redes monofásicas e também locais com maior demanda de solicitações de aumento de cargas.