CPFL nas Escolas planeja impactar 2,4 mil professores e 90 mil alunos até 2023

Com foco no uso responsável da energia, programa desenvolvido pela CPFL e Instituto Crescer já atendeu mais de 1,6 mil docentes e cerca de 30 mil estudantes

Com o projeto CPFL nas Escolas – Energia em Jogo, a CPFL Energia e o Instituto Crescer, planejam alcançar 2,4 mil professores e 90 mil alunos de 264 municípios de São Paulo, até junho de 2023. O projeto, que é realizado por meio do Programa de Eficiência Energética da Aneel, aborda o consumo eficiente de energia junto aos professores das 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental I – Anos Iniciais.

A iniciativa se compromete com a disseminação de informações em sala de aula para conscientizar a comunidade sobre a importância de utilizar a energia elétrica de maneira responsável. Em 2021, o projeto já formou mais de 1,6 mil docentes e cerca de 30 mil estudantes de 61 cidades do estado de São Paulo.

O contato com os professores participantes é feito por meio das Secretarias de Educação de cada município. O projeto utiliza materiais com metodologia alinhada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Entre os conteúdos abordados estão os tipos de energia (cinética, química, térmica, luminosa e eletrostática), as transformações e transferências e a eficiência energética. A programação inclui também os detalhes sobre a leitura da conta e das bandeiras tarifárias, Selo Procel e o uso seguro da energia elétrica.

Fazem parte do material didático impresso o Almanaque do Aluno e o Caderno do Professor, com atividades que exploram o universo da energia elétrica. O projeto também faz uso das redes sociais, onde são criadas comunidades para que os estudantes possam publicar seus trabalhos. Além disso, os jovens e seus familiares também têm acesso a um aplicativo com jogo virtual que ensina boas práticas de consumo e economia.