Aneel homologa habilitação de térmica no leilão de capacidade

Antes da UTE Cidade do Livro, outras nove usinas vendedoras no certame já tinham sido confirmadas pela agência

A diretoria da Aneel homologou o resultado do Leilão de Reserva de Capacidade de 2021 para a termelétrica a biomassa Cidade do Livro. O empreendimento. que pertencente à Usina Termelétrica Lençóis Paulista, teve sua habilitação confirmada após a desistência do empreendedor de assinar contratos negociados no leilão de energia nova A-5 de 2021.

O projeto do interior de São Paulo se soma a nove usinas a gás que negociaram contratos no certame e já tinham sido habilitadas pela agência reguladora.

A Aneel também manteve nesta terça-feira, 3 de maio, a desclassificação das UTEs a óleo diesel e a óleo combustível Global I e II, da Companhia Energética Candeias; Potiguar e Potiguar III, da Companhia Energética Potiguar ; e Geramar I e II, da Gera Maranhão. Todas tiveram a habilitação técnica invalidada, após a suspensão da liminar que garantiu a participação dos empreendimentos no leilão.

No caso da UTE Viana, que também entrou no certame com decisão judicial, a agência determinou que será feita a convocação de outro empreendedor para substituir o projeto.