Robô é desenvolvido pelo Lactec para inspeção de SE de alta tensão

Monitoramento robotizado autônomo ou teleoperado agrega alta tecnologia para aumentar eficiência das rotinas operacionais e reduzir exposição a riscos

Pesquisadores do Lactec desenvolveram um robô dotado de equipamentos de alta tecnologia e inteligência para rotinas de inspeção e de monitoramento em subestações de extra alta tensão (500 kV), que visam assegurar o funcionamento dos equipamentos e a estabilidade do sistema.

Batizado de LacBot, o robô pode realizar as atividades de forma autônoma ou teleoperada, a partir de um centro de controle, identificando situações anormais e necessidades de intervenções para manutenção. O robô é equipado com câmeras termográfica e visível, para captar imagens em alta definição, em 360 graus, e outros dispositivos para medição de umidade, temperatura ambiente e de ruídos sonoros, que possam indicar anormalidades nas condições de operação dos equipamentos da subestação.

De acordo com o Lactec, a aplicação de um robô terrestre móvel, além de aprimorar os processos de operação, monitoramento e manutenção de sistemas elétricos de potência, visa reduzir a exposição dos operadores aos riscos inerentes ao ambiente de uma subestação de energia. Portanto, além da melhoria no desempenho operacional e de disponibilidade dos ativos de transmissão, o projeto tem um caráter importante de segurança do trabalhador.

Os dados obtidos pelo robô são transmitidos a um operador remoto, responsável por realizar a análise das imagens e identificar eventuais anormalidades nos equipamentos. As inspeções de rotina são necessárias mesmo em subestações teleassistidas. Com a utilização do sistema robotizado de monitoramento, reduz-se a necessidade de deslocamento do eletricista até as subestações, que geralmente ficam em locais remotos e difícil acesso.