EDP conclui obras do Lote 18 com antecipação

Com investimento de R$ 1,44 bilhão, LT é composto por duas linhas de transmissão que ligam Minas Gerais e São Paulo. A empresa também anunciou pagamento de dividendos

A EDP informou nesta terça-feira, 17 de maio, que conclui a implantação do circuito 2 do Lote 18 do leilão de transmissão 05/2016 com três meses de antecedência em relação ao prazo regulatório. A conclusão proporcionou R$ 248 milhões em receita anual permitida (RAP).

“Este foi o maior lote já construído pela EDP, ou seja, um grande desafio. Ainda assim, conseguimos manter o nosso padrão de antecipação de entrega e o compromisso com a qualidade”, disse o vice-presidente de Geração e Redes da EDP, Luiz Otávio Henriques.

Com investimento total de R$ 1,44 bilhão, o Lote 18 é composto por duas linhas de transmissão, com total de 1.533 torres, que percorrem 740 quilômetros, passando por 30 municípios e interligando as subestações de Estreito (MG) e Cachoeira Paulista (SP).

“O segmento de transmissão é um dos principais eixos da nossa estratégia de crescimento e entrega do Lote 18 está alinhada a isso. Além disso, o empreendimento traz ganhos de infraestrutura para a região, com mais confiabilidade e capacidade de suprimento de energia elétrica, suportando atividades produtivas e impulsionando ainda mais o desenvolvimento econômico dos estados de São Paulo e Minas Gerais”, ressaltou o CEO da EDP no Brasil, João Marques da Cruz.

Pagamento de dividendos

A EDP também anunciou que efetuará o pagamento de dividendos no valor total de R$ 1,2 bilhão a partir do dia 27 de maio.

Serão R$ 454 milhões como juros sobre capital próprio, equivalente a R$ 0,7892318369 para cada ação ordinária e R$ 803 milhões em dividendos, correspondente a R$1,404434994 por ação.

O pagamento será realizado de forma individualizada e terão direito aos proventos os acionistas posicionados em base no dia 5 de abril de 2022.