Neoenergia apresenta pedido de OPA da Celpe à CVM

Alvo da oferta é para adquirir até 10,35% do capital da distribuidora pernambucana que passará de emissor de categoria A para B

A Neoenergia apresentou à CVM o pedido de registro da oferta pública de aquisição (OPA) de ações ordinárias (ON) e de ações preferencias classe A (PNA) e classe B (PNB) para conversão de registro da distribuidora de Pernambuco e a minuta de edital para a operação. O lançamento da OPA está sujeito ao aceite de acionistas que possuam pelo menos dois terços dos papeis dessa OPA e que somam 10,35% do capital da distribuidora pernambucana.

Conforme divulgado no anúncio da OPA, o preço foi estabelecido em R$ 42,02 por ON, por PNA e R$46,22 por PNB, a ser pago em dinheiro aos acionistas que aderirem. A Neoenergia contratou o Banco BTG Pactual como sendo responsável pela liquidação financeira da oferta, nos termos do art. 8º da Resolução CVM nº 85/22.