ONS: carga recua 0,7% em maio

Volume esperado no Sudeste/ Centro-Oeste é de 66,6%

Dados do Informe Mensal do Programa da Operação referente à semana de 21 a 27 de maio indicam que a carga em maio deve apresentar um recuo de 0,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado. No Sudeste/ Centro-oeste, está previsto um recuo de 1,5% na carga, enquanto no Sul a estimativa de queda fica em 2,2%. O único subsistema que deve apresentar aumento na carga é o Nordeste, com aumento de 3,1%. Na região Norte, a carga deve ficar estável, subindo apenas 0,1%.

O volume esperado ao fim do mês nos reservatórios do Sudeste/ Centro-Oeste é de 66,6%. As perspectivas positivas se confirmam para as demais regiões. No Nordeste, os níveis devem terminar maio com 94,4% da capacidade. Na região Sul, o volume registrado chegará a 82,2%, enquanto no Norte, o valor esperado é de 99,3%.

A previsão mensal de Energia Natural Afluente para o Sudeste/ Centro-Oeste é de 26.389 MW med, o mesmo que 66% da média de longo termo. No sul, os 16.088 MW med esperados de ENA ao fim de maio equivalem a 189% da MLT. No Nordeste, a ENA deverá ficar em 3.668 MW med, valor correspondente a 52% da MLT. No Norte, a ENA de 16.786 MW med traz a MLT de 82%.

A média semanal do Custo Marginal da Operação esperado deve ficar em R$ 42,28/ MWh para todos os submercados.