Enel SP registra 134 colisões contra postes da rede elétrica no primeiro trimestre de 2022

De acordo com o levantamento, a capital paulista lidera o ranking com 82 casos

Um levantamento feito pela Enel SP com o objetivo de promover a conscientização e a mobilizar a sociedade por um trânsito mais seguro no mês que celebra o movimento Maio Amarelo, apontou que foram registradas 134 colisões contra postes da rede elétrica entre os meses de janeiro a março deste ano em toda a sua área de concessão, que impactaram diretamente o fornecimento de energia.

De acordo com o levantamento, a capital paulista lidera o ranking com 82 casos, seguido dos municípios de Cotia, com 9 ocorrências; Barueri (6); Osasco (5) e Santo André e São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC, com 4 casos cada. No ano passado, foram registradas 520 colisões contra postes da rede elétrica em 2021 em toda a sua área de concessão. Esse número representa uma média de 1,4 batida em postes por dia e um aumento de 10% em relação ao ano de 2020, quando foram registrados 474 abalroamentos de postes de energia elétrica. A volta gradual do número de carros em circulação contribuiu para esse crescimento no número de ocorrências em toda a área de concessão da distribuidora.

Vale destacar que o tempo de resolução para uma ocorrência relacionada à batida de poste é mais elevado porque, muitas vezes, a concessionária precisa reconstruir todo o trecho da rede elétrica danificada, substituindo os postes e os fios de energia. Conforme a gravidade do acidente, as equipes de campo da concessionária precisam também aguardar a conclusão do trabalho da perícia policial para iniciar a manutenção da rede.