SENAI e CTG Brasil investem R$ 24 milhões em projetos de armazenamento de energia

A estratégia visa atrair projetos nacionais e internacionais com foco em armazenamento de energia em grande escala para uma economia de baixo carbono

O SENAI em parceria com a CTG Brasil lançaram na última quarta-feira, 25 de maio, uma nova chamada para projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de armazenamento de energia em grande escala para uma economia de baixo carbono. Empresas e startups nacionais e internacionais podem se inscrever pela Plataforma Inovação para a Indústria, seguindo normas e cronogramas específicos de cada categoria. Ao todo, R$ 24 milhões serão destinados para o financiamento dos projetos, por meio de recursos próprios e do programa de Pesquisa & Desenvolvimento da Aneel.

O investimento faz parte da estratégia de inovação aberta “Open Innovation” que conecta os melhores centros de pesquisa do Brasil e do mundo para auxiliar a CTG Brasil em desenvolver soluções para desafios complexos como a transição energética rumo a uma economia de baixo carbono.

A ação será coordenada pelo Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica, no Paraná, e terá um papel fundamental na estruturação e curadoria dos projetos recebidos de acordo com o edital. Os resultados esperados são o desenvolvimento local e nacional, com a cocriação de soluções personalizadas em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I). A ideia é que o projeto traga novas soluções para integração de fontes renováveis na matriz energética brasileira, e contribua para a criação de um ciclo sustentável, em que se reconheçam rotas para reuso, redução e reciclagem.

Os projetos inscritos deverão trazer soluções para três grandes desafios no setor, que são:
1. Sistemas de Armazenamento Integrado com planta solar, eólica e híbrida
2. Tecnologias de gerenciamento, controle e comercialização de energia.
3. Reciclagem e reuso de baterias.