Aneel mantem bandeira verde em junho

Consumidores do Sistema Interligado não terão custo adicional no mês que vem

A Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou nesta sexta-feira, 27 de maio, a manutenção da bandeira verde no mês de junho. A decisão vale para pequenos consumidores do Sistema Interligado Nacional que são atendidos em baixa tensão, e não terão custo extra na conta de energia no mês que vem.

A Aneel mantém, por enquanto, os valores atuais das bandeiras tarifarias, mas pode pautar a qualquer momento a atualização dos adicionais das faixas amarela e vermelha patamar 1 e 2. A correção proposta em consulta pública já encerrada previa aumento de aumento de quase 57% na bandeira tarifária amarela, que pode passar de R$1,87 a cada 100 kWh consumidos para R$ 2,93, e para a vermelha patamar 1, que sairia de R$ 3,97 para R$ 6,23. Para a bandeira vermelha patamar 2, havia previsão de redução de 1,69%, com o adicional tarifário passando de R$9,49 para R$ 9,33 a cada 100 kWh. O processo foi retirado da pauta da reunião da última terça-feira, 24, e não vai entrar na reunião da próxima semana.