Omega Energia fecha acordo comercial com a M. Dias Branco para geração eólica

Acordo prevê participação em parques de energia renovável Delta 7 e 8 pelo período de até 15 anos

A Omega Energia assinou acordo comercial com a M. Dias Branco, onde a empresa terá participação nos Parques Eólicos Delta 7 e 8, situados no Maranhão, com volume contratado de 18 MWm. O fechamento da transação ainda está sujeito a determinadas condições precedentes usuais, incluindo, dentre outras, a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE.

A parceria terá duração de até 15 anos e prevê a redução de aproximadamente 300 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. O cálculo é realizado com base no fator de Emissão Médio do Sistema Interligado Nacional de 2021 e da expectativa de consumo.

“A diversificação das matrizes energéticas tornou-se tema cada vez mais presente na indústria de alimentos, principalmente em razão do alto custo de energia elétrica, tanto na produção como no armazenamento. Estamos orgulhosos dessa parceria com a M. Dias Branco, e prontos para desenvolver soluções customizadas e inovadoras para os nossos clientes, ajudando a construir uma sociedade com energia limpa, sustentável e competitiva, em linha com os critérios de ESG valorizados no mundo”, disse a diretora Comercial da Omega Energia, Fabiana Polido.

O acordo é mais uma iniciativa que visa expandir o consumo de energia renovável no Brasil. O projeto possui ainda os selos I-REC (International Renewable Certificates), que certifica a origem da energia – proveniente de fontes renováveis – e possibilita que a empresa tenha abatimento das emissões para compra de energia (Escopo 2 do GHG Protocol).

A energia será utilizada nas plantas localizadas em Eusébio/CE, Fortaleza/CE, Jaboatão dos Guararapes/PE e Salvador/BA para a produção de alimentos no segmento de biscoitos, massas, farinhas e farelo de trigo, misturas para bolos, margarinas e cremes vegetais, bolos, snacks de milho e de trigo, torradas e cobertos de chocolate (biscoitos).

Para o diretor de Suprimentos da M. Dias Branco, Denis Pacheco, o Brasil possui uma das matrizes energéticas mais renováveis do mundo. “Esse é um assunto estratégico para nossa companhia. Com as ferramentas adequadas, podemos colaborar para a redução de emissão de gases de efeito estufa e incentivar iniciativas como essa, visto que somos referência para muitas empresas. É bom para a natureza e para a Companhia”, finalizou.