Eletrobras paga bônus de outorga de R$ 26,6 bi

ENBPar realizou aporte de R$ 3,5 bilhões na Eletronuclear e reduziu participação da elétrica recém privatizada a 35,9% do capital votante

A Eletrobras informou ao mercado que na última segunda-feira, 20 de junho, realizou o pagamento total de pouco mais de R$ 26,6 bilhões referentes ao valor devido a título de bônus de outorga dos novos contratos de concessão de geração. Esse era um dos passos seguintes à capitalização da empresa para que tenha renovado os contratos de concessão de hidrelétricas.

Outra medida no âmbito da operação é a informação de que a ENBPar realizou aporte de R$ 3,5 bilhões na Eletronuclear, valor esse previsto no acordo de investimentos, celebrado entre as duas partes. De acordo com o comunicado, a Eletrobras passa a deter 35,9% do capital votante da geradora nuclear no Brasil.

Além disso, a Eletrobras recebeu comunicado do BNDESPar informado da alienação de suas 69.801.516 ações ordinárias. Essa alienação, em conjunto com a diluição resultante da tranche primária da referida oferta, fez com que o veículo de investimentos em outras empresas do banco de fomento federal reduzisse sua participação ao patamar de 5% do total de ações ordinárias de emissão da Eletrobras.