União ajusta lista de indicados para CA da Petrobras

Comitê irá avaliar elegibilidade de Caio Mário Paes de Andrade na próxima sexta-feira (24)

A Petrobras informou ontem à noite, 21 de junho, que recebeu do Ministério das Minas e Energia um ofício ratificando as oito indicações de candidatos para composição do seu Conselho de Administração (CA). Abaixo o quadro com os nomes a serem submetidos à Assembleia Geral Extraordinária:

Em seu site o MME afirma que ajustou a relação de indicados da União, esclarecendo que foram apenas retirados os nomes dos candidatos representantes dos acionistas minoritários, permanecendo as demais indicações propostas anteriormente pelo controlador.

Segundo a petroleira todas as indicações serão encaminhadas ao processo de governança interna, observada a Política de Indicação de Membros da Alta Administração para a análise dos requisitos legais e de gestão e integridade e posterior manifestação do Comitê de Pessoas (Cope).

Reunião de elegibilidade na sexta

Em outro comunicado a empresa afirmou que o Comitê de Elegibilidade (Celeg) recebeu os relatórios necessários para analisar a indicação de Caio Mário Paes de Andrade à presidência com base nas regras de governança da companhia e legislação aplicável. A reunião está prevista para acontecer na tarde da próxima sexta-feira, 24 de junho.

O executivo tem formação em Comunicação Social pela Universidade Paulista, pós-graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e Mestre em Administração de Empresas pela Duke University. É membro do conselho da Embrapa e da Pré-Sal Petróleo há quase dois anos e atua na Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia desde agosto de 2020, onde é responsável pela plataforma Gov.br.

O comitê é composto pelos membros do CA e do Cope: Francisco Petros, presidente do Celeg e Luiz Henrique Caroli, além dos membros externos, Ana Silvia Matte e Tales Bronzato. Além disso, conforme previsto no Regimento Interno, o conselheiro Marcelo Mesquita, eleito pelos acionistas minoritários detentores de ações preferenciais, foi convidado para a respectiva pauta de indicação.