Lemon Energia capta R$ 60 milhões para expandir acesso à energia sustentável no Brasil

Aporte foi liderado pelo Kaszek, Lowercarbon Capital, Kevin Efrusy e Sergio Furio

A Lemon Energia capta R$ 60 milhões em uma rodada Series A e pretende utilizar os recursos para expandir ainda mais o acesso ao consumo de energias sustentáveis. O aporte foi liderado pelo fundo Kaszek, Lowercarbon Capital, Kevin Efrusy e Sergio Furio.

Rafael Vignoli, CEO e sócio fundador da Lemon Energia e Luciano Pereira, cofundador e diretor de tecnologia, enxergaram no mercado de Geração Distribuída a oportunidade de tornar a sustentabilidade acessível para pequenos e médios negócios, enquanto contribuem para a transição energética no país. Em menos de dois anos, a Lemon se tornou uma das empresas com a maior capilaridade no mercado e com o atual investimento espera aumentar ainda mais a sua presença no país.

“A Lemon nasceu com a missão de tornar a energia 100% verde no Brasil, deixando um legado de harmonia entre a natureza e a tecnologia para as próximas gerações. Queremos mostrar que reduzir a nossa dependência das velhas formas de produzir energia é possível, simples e economicamente viável para todos”, disse Rafael Vignoli, CEO e sócio fundador da Lemon Energia.

Conhecida como uma companhia de climate tech, a Lemon, utiliza tecnologia e dados para alocar, de forma inteligente e sob demanda, energia sustentável para os clientes consumidores. Usinas de geração renovável injetam energia limpa no sistema de distribuição, gerando créditos que são abatidos das contas dos consumidores conectados à Lemon.

Com isso, pequenos negócios economizam dinheiro, recebem uma experiência digital e têm acesso à energia renovável, sem nenhuma obra, instalação de painéis solares, ou investimento. Já os geradores de energia aumentam seus ganhos e passam a ter uma gestão profissional de seus processos de cobrança e gestão de créditos e portfólio.

Atualmente, a companhia já atende milhares de clientes entre micro, pequenos e médios empreendedores. São donos de estabelecimentos comerciais que passaram a ter a oportunidade de economizar até 20% ao ano em gastos com energia, contribuir com o meio ambiente e ter acesso a um serviço mais inovador. E desde o início da operação, a Lemon evitou a emissão de 3 mil toneladas de Co2.

Para ampliar sua atuação, a Lemon está firmando parcerias estratégicas, como a The Energy Collective, assinada pela cervejaria Budweiser. Em conjunto com a Ambev e a Budweiser, a Lemon atende bares, restaurantes e supermercados de sua base de clientes. Juntas, as empresas estão alcançando metas de impacto ambiental e econômico.