Foz do Iguaçu conta com investimento de R$ 4 mi de Itaipu

Investimento abrange diversas ações na gestão de água e solo, biodiversidade, energias renováveis, coleta seletiva, entre outras áreas.

A Itaipu Binacional e o município de Foz do Iguaçu firmaram na última sexta-feira, 24 de junho, um convênio para a realização de ações ambientais no município, como parte do programa Gestão por Bacias Hidrográficas. A Itaipu investirá R$ 4 milhões e a contrapartida da prefeitura será de R$ 800 mil, com prazo de execução de dois anos.

De acordo com Itaipu, as ações previstas no convênio incluem melhorias em aproximadamente 10 km de estradas rurais (com pavimentação asfáltica); a aquisição de equipamentos para Unidades de Valorização de Recicláveis (uma empilhadeira, nove esteiras de elevação e uma prensa enfardadeira); um caminhão para coleta seletiva; e instalação de um sistema de geração de energia fotovoltaica de 375kWp (com previsão de economizar R$ 35 mil mensais na conta de energia do município).

Desde 2012, por três convênios anteriores com o município, a Itaipu já investiu R$ 4,5 milhões em ações de Gestão de Bacias Hidrográficas. Além disso, a prefeitura e a binacional já celebraram quatro convênios desde 2017, totalizando R$ 10,3 milhões de investimentos em pavimentação asfáltica em Foz do Iguaçu.

O diretor-geral brasileiro, Anatalicio Risden, destacou que a empresa tem um papel a exercer na geração de energia limpa e renovável, mas que a missão vai muito além. “Tem também o papel de promover o desenvolvimento social, de forma sustentável. E isso se reflete em um trabalho conjunto de todas as diretorias para deixar um legado para as próximas gerações”, completou o diretor.

A assinatura da parceria ocorreu no Centro Executivo da Itaipu, com as presenças dos diretores Anatalicio Risden Junior (Geral), David Krug (Técnico), Luiz Felipe Carbonell (Coordenação), Mariana Thiele (Jurídica) e André Pepitone (Financeiro); do deputado federal Fernando Giacobo; do prefeito de Foz, Chico Brasileiro;  da vereadora Anice Gazzaoui; e do secretário Municipal de Desenvolvimento Comercial, Industrial e Agropecuário de Foz, Vilmar Andreola.