Isa Cteep vê chance de antecipação e redução de capex em lotes arrematados

Transmissora venceu disputa por lotes 3 e 6 do leilão de LTs

Vencedora dos lotes 3 e 6 do leilão de LTs realizado nesta quinta-feira, 30 de junho, a Isa Cteep prevê chance de antecipação de entrada em operação e redução de capex na implantação dos empreendimentos. Em teleconferência realizada no início desta noite, o CEO da empresa, Rui Chammas, detalhou os planos da transmissora. No lote 3, que abrange os estados de Minas e Espírito Santo, a Cteep trabalha com a possibilidade de antecipação e redução do capex. Já no lote 6, em São Paulo, não está prevista a antecipação, mas sim apenas a tentativa de redução de capex, por ser uma obra com compra de equipamentos e instalação de subestação.

Ainda sobre os equipamentos, a compra de materiais será dentro dos contratos globais, aproveitando os ganhos de escala. Já estão definidos contratos com fornecedores para os principais materiais, equipamentos e construção da infraestrutura. Os recursos para a implantação dos empreendimentos serão obtidos com o caixa próprio da ISA Cteep, como instrumentos financeiros do mercado de capitais ou outras fontes de financiamento, priorizando as mais favoráveis na hora da captação. Segundo o executivo, para que a estratégia fosse exitosa, houve um forte estudo prévio de engenharia, visando otimização do traçado e redução de impactos sociais e ambientais. “O melhor traçado é aquele não só mais curto, mas também o que que evita temas que dificultam o licenciamento ambiental”, explica.

Os lotes arrematados vão demandar R$ 3,9 bilhões em investimentos, de acordo com o previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica. A Receita Anual Permitida adicionada chega a R$ 299,2 milhões. Após o leilão, a RAP da transmissora terá um aumento de 7,9%, indo a R$ 4,07 bilhões e as linhas somarão 21.734 quilômetros, crescendo 5%. Os  lotes vencidos pela Cteep registraram forte deságio na disputa de hoje, no lote 3, o deságio fico em 46,75%, enquanto no lote 6, chegou a 59,21%.