Eneva fecha acordo com a Vale para fornecer gás no Maranhão

Contrato passa a valer em 2024 e visa suprir unidade industrial na capital São Luís que usa atualmente óleo combustível

A Eneva firmou contrato de cinco anos com Vale para viabilizar o fornecimento de gás natural para uma unidade industrial em São Luís (MA), a partir de 2024. A nova fonte energética irá substituir o óleo combustível e permitirá uma redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) estimada em 28% na usina de pelotização.

O contrato segue a recente regulamentação implementada pelo marco do Novo Mercado de Gás, que possibilita a contratação no âmbito do mercado livre. Além dos ganhos ambientais, a ação sinaliza também aderência ao movimento nacional de abertura, que preconiza um ambiente mais dinâmico e competitivo.

Segundo o comunicado ao mercado, o suprimento virá de concessões de exploração e produção de gás natural na Bacia do Parnaíba, onde será instalada uma unidade adicional de liquefação do insumo – com capacidade instalada de 300 mil m3/dia. Com essa nova planta, a capacidade total no Complexo do Parnaíba atingirá 600 mil m3/dia. O volume será destinado majoritariamente para atender aos contratos com a Suzano, anunciado recentemente, e com a Vale. O investimento total estimado para a implantação das duas unidades é de R$ 980 milhões.