Pedidos para financiamento de energia solar sobem 58% no Sicredi

Instituição financeira cooperativa reportou mais de R$ 880 milhões em créditos disponibilizados nos quatro primeiros meses de 2022

O Sicredi contabilizou um total de R$ 882 milhões em crédito destinado a projetos de energia solar no Brasil entre janeiro e abril deste ano. O valor representa um aumento de 58% em relação ao mesmo período de 2021, quando a carteira da instituição financeira cooperativa chegou a R$ 560 milhões. Do total concedido 50% foram destinados a empresas, 33% a pessoas físicas e 17% ao agronegócio.

De acordo com o banco, com mais de 6 milhões de associados e presença em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, a carteira de crédito para aquisição de painéis fotovoltaicos atingiu mais de R$ 5 bilhões em abril, alta de 84% no saldo em relação ao mesmo período de 2021.

Um dos motivos do crescimento dos projetos de energia limpa é o diferencial no trabalho realizado em parceria pela instituição com as empresas instaladoras. O modelo possibilita que o financiamento de instalação obtido no Sicredi já seja depositado diretamente na conta das companhias, facilitando o processo para seus associados.

Outro exemplo de incentivo e colaboração é o Programa de Desenvolvimento de Integradores de Energia Solar (PDI), desenvolvido no Rio Grande do Sul em parceria com o Sebrae/RS e a Universidade de Caxias do Sul (UCS). Oferece qualificação profissional na instalação de equipamentos fotovoltaicos às empresas parceiras, contribuindo para o seu desenvolvimento e qualidade dos serviços prestados. Hoje, são mais de 500 parceiros homologados por meio da iniciativa.

Como forma de ampliar sua atuação no fomento de soluções sustentáveis, o Sicredi criou em 2021 uma área de Finanças Sustentáveis, dedicada à captação de recursos para a geração de valor à sociedade e ao meio ambiente. Em 2021, essa estrutura coordenou a captação de US$ 120 milhões junto à International Finance Corporation (IFC), membro do Banco Mundial, focada em atender à crescente demanda por crédito destinado à instalação de sistemas de energia solar.