Compra de eólica pela AES Tietê é positiva, avalia XP

Aquisição mostra compromisso com investidores do foco na expansão com renováveis

A compra de um parque eólico da J. Malucelli no Rio Grande do Norte pela AES Tietê nessa semana foi considerada positiva pela XP Investimentos, que emitiu um relatório sobre a operação. A estimativa das taxas de retorno feita pela corretora são atrativas para os acionistas da companhia, aponta.

Ainda de acordo com o relatório, a aquisição é boa porque passa para os investidores da empresa uma mensagem que a empresa continua comprometida com a sua estratégia de criação de valor com base na expansão no segmento de energias renováveis. Segundo a XP, após a volatilidade causada na disputa entre AES Corp e Eneva pelo controle da empresa, a guinada para as renováveis ganhou mais importância.

A análise também incluiu a estimativa de preço de energia de longo prazo de R$ 165 / MWh e  em um cenário otimista para a aquisição. E o financiamento de 70% do valor da transação  – excluindo os R$ 201 milhões de dívida líquida já assumidos pela companhia – de modo a avaliar potencial geração de valor com uma melhor estrutura de capital para a operação e custo de financiamento do IPCA acrescido de 5%, bem como, vencimento da parcela adicional de dívida em 6 anos.